segunda-feira, 14 de julho de 2008

Acusação... Ataque...Arquive-se...



Quase tudo o que poderia interessar em Portugal termina com um arquive-se... Para quê? Porque não substituir essa expressão por outra, sei lá: deite-se para o lixo, pegue-se fogo, mande-se para a reciclgem, etc. Este indivíduo, com a vidinha bem arrumada como o maninho, é um bom exemplo de Portugal e desta linda expressão: arquive-se... tal como se devem arquivar algumas conversas, como esta: http://videos.sapo.pt/aWCBzS2SIhahWzoftzgZ
Quando não, deduzam-se acusações particulares, dinheiro é coisa que não falta para aquelas bandas...
É fartar vilanagem... Faz lembrar os desenhos animados...


1 comentário:

Jaime Dinis disse...

È fantástico este País secular!
O carinha-laroca em causa enrraba putos, é processado, o processo é arquivado (com mil e uma evidências de o ter feito mas as provas também se desaprovam), processa o estado e este processo também é arquivado.
Conclusão?
Ele mais uma das vitimas desta sociedade que, onde já se viu, tende em tocar nos intocáveis!...
Que puta de injustiça!
Força Paulinho! Estou contigo! Não fiques triste! Masturba-te sozinho durante uns aninhos e depois podes recomeçar!...