quinta-feira, 12 de abril de 2012

terça-feira, 10 de abril de 2012

Atenção Professores: Em Vez de Notas Passem a Dar Moedas...


Parece que a OCDE, ou melhor um tal não sei quantos que tem um trabalho porreiro em qualquer lado e que nem deve saber a que cheiram os alunos, acha que a avaliação que os professores atribuem está demasiado concentrada nas notas atribuídas... Um tal paulo santiago, cordenador de não sei o quê, nem para que serve, que ainda me parece insinuar que os professores aproveitam as notas para controlarem os alunos, manterem a disciplina e nem sei bem o quê... Parece que nos falta uma cultura da porta aberta e mais supervisão pedagógica dos directores, qualquer coisa assim.
Continuo a ler o artigo e o especialista parece terminar com esta frase ou ideia:
Questionado acerca das consequências da crise económica na área da formação de professores, o responsável disse que «há menos recursos para investir no desenvolvimento profissional dos professores, mas também pode ser uma oportunidade» para apostar na parte formativa destes profissionais.
Mas de que planeta é que veio este especialista?
Gostava de o fechar à chave 90 minutos com uma turma de CEFs do primeiro ano para ver o que ele dizia no final da aula, caso ainda falasse, claro.
Já uma vez fiz esta proposta ao nuno crato, que na altura escrevia para o DN ou coisa assim e, até hoje, nunca tive resposta.
Olha especialista, se me leres, contacta-me que eu para o ano arranjo maneira de ires experimentar uma turminha dessas no princípio do ano, que é quando elas estão melhores...
Até lá, mantém-te pelos teus gabinetes e afasta-te das escolas, não vás ter uma surpresa desagradável.