quinta-feira, 19 de março de 2009

Novos Métodos...




E se experimentassem utilizar esta linguagem? Que eu saiba é a mais adequada que existe... Como é que uma equipa que nem o parlamento nem os tribunais ouve, vai ouvir os sindicatos? Restam alternativas como esta ou, bem mais vistosa, a utilização de sinais de fumo... Os sindicatos, que possuem meios para o fazer, deveriam ir para a porta da 5 de Outubro, uma data bem revolucionária, e tentarem seguir esta minha proposta. Colocavam vários bidons com fumos artificiais de várias cores (amigos do ambiente, claro) e com mantas tentavam estabelecer, dessa forma a comunicação. Já que não ouvem, podia ser que vissem e mesmo que eles não vejam, vê quem passa e que será chamado a votar três vezes nos próximos tempos...
Votos são votos e, com isso, o aparelho não brinca...