terça-feira, 21 de abril de 2009

Cartéis só nas Touradas...


Defende a Autoridade da Concorrência???
Não há cartel na fixação dos preços dos combustíveis.
Mesmo assim, o organismo liderado por Manuel Sebastião vai apresentar um conjunto de sugestões que visam a melhoria do funcionamento do mercado dos combustíveis em Portugal.
Em bom português… Não há mas há. Isto é, não há cartel porque isso é para as touradas, o que há é uma concertação normal em que as companhias seguem o preço mais alto. É o chamado princípio do vendedor explorador, que se pode traduzir em poucas palavras como: se eu posso vender mais caro, para quê que hei-de vender mais barato?
Este princípio vigora porque o português está habituado a ser apático, passivo e a ter memória curta, logo não é reivindicativo pelo que não está para fazer funcionar o mercado, boicotando as três grandes sanguessugas da mangueira e não olhando, nem comparando os preços. Estas coisas levam o seu tempo e, entretanto, o português esquece-se e volta tudo ao início…
Dentro da mesma lógica, e bem sei que não devia fumar e todas essas coisas, nunca percebi porquê que os cigarros da Tabaqueira são 10% mais caros do que os outros da concorrência… Mas, também aí o português não muda… Fuma SG, logo podem pôr os cigarros ao preço que quiserem, que ele compra-os… Como se não houvesse cigarros idênticos, melhores empacotados e maiores, que fazem o mesmo mal e que são mais de 10% mais baratos…
São mistérios… Nunca os hei-de perceber… Eu, uma vez iniciado o processo, já não volto atrás… Ponho combustível no sítio mais barato do meu raio de acção, na Agip, e nunca mais pensei no meu velho SG ventil, que é mais pequeno, pior empacotado e 10% mais caro do que o Pall Mall vermelho que é mais ou menos igual… Talvez lá volte, se alguma vez o colocarem 10% mais barato do que os cigarros estrangeiros
Contudo, não deixo de estranhar a passividade dos meus concidadãos. Parece que gostam de ser explorados...

4 comentários:

CÁ FICO disse...

vai ver que esse c omunicado foi elaborado no dia 1 de Abril... ´so que se esqueceram de o publicar...eh1e!

Anónimo disse...

Há anos que fumo tabaco espanhol. Basta atravessar a fronteira e abastecer-me para 6 meses :-)


Com isto ganho 1 Euro em 10 Euros em cada volume :-)

Organizem umas excursões à raia, e maribem na Tabaqueira. Do meu bolso não levam tosto. ( Roubalheira Nacional)

Compadre Alentejano disse...

Este Manuel Sebastião é colega e compadre do Manel Pinhus. Foi o homem que tratou da burocracia da casa do Pinhus.
O relatório, encomendado pelo compadre, mais não foi que uma sabonária para lavar a porcaria que as companhias petrolíferas fizeram, isto é, a concertação de preços.
Qualquer cidadão sabe isto, e não vale a pena atirar areia para os olhos das pessoas...
Compadre Alentejano

Anónimo disse...

A conversa do tabaco é linda... Que tal deixarem de fumar?! Apesar de tudo o tabaco dá prejuízo ao estado: o que o Ministério da Saúde despende a longo prazo em tratamentos a fumadores é mais do que se ganha em impostos no tabaco; Isto já foi estudado em vários países.