quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

E, Por Portugal, os Porcos Reproduzem-se...


Será o//do nosso fado???

4 comentários:

A. disse...

O ser fodido, assim de uma só vez, às tantas até não parece ser uma coisa por aí além, mas... isto de sentir um enroscar da coisa nas entranhas... é um remoer que, mais tarde ou mais cedo (mais cedo do que tarde), vai fazer torcer o rabo ao porco!... E olhem que os porcos não somos nós... o Povo!...



Feliz Natal e que o Parto signifique o melhor da crença e não uma porcaria à moda judaica do José Rodrigues dos Santos!... Nem desses católicos do "bato-bato-cá-no-meu-peito" à procura de mama!...


Abraço e desculpem qualquer coisinha

quink644 disse...

Pois, no problema da rosca nem tinha pensado...

Miguel Loureiro disse...

Bom Natal!

quink644 disse...

De preferência sem roscas... :-)