sábado, 31 de janeiro de 2009

O Menino de Ouro e sua Mãe...




O Zézito é um privilegiado pela natureza, toda a sua carga genética conduz à capacidade de fazer belíssimos negócios sem que se saiba com que dinheiro… É a mamã, o titio, os primitos e, quase com toda a certeza, o resto da família… Não me admirava ver os seus pimpolhos a abrirem uma holding, obviamente com sede no offshore das Ilhas Virgens, de playstations e berlindes, com a semanada que recebem. Porém, uma vez que um foi assaltado e lhe roubaram um ipod, ou lá o que foi, já deva estar a receber uma indemnização compensatória do estado por este não ter garantido a sua segurança pessoal e dos seus bens, acrescido de uma compensação por danos morais irreversíveis, como, aliás, o estado faz com os milhares de pessoas que são assaltadas por ano neste país exemplarmente governado.
O Zézito tem, pois, claramente, muito jeito para o negócio. Só é pena que só tenha jeito para os seus negócios e que no que respeita aos negócios do país se revele um verdadeiro fiasco. Como é que tal se pode explicar? É um mistério, devem ser as forças ocultas que insistem em não deixar o suspeito timoneiro gerir os negócios públicos à sua vontade, com offshores, com a família, com luvas e sapatos de pelica, evidentemente comprados no Freeport com mais dez factos Armani. É bom saber que somos governados por uma espécie de descendente de uma família de Midas, só é pena que não aplique os seus dotes ao governo da nação mas, apenas, ao seu próprio auto-governo, governa-se… E, pelos vistos, muito bem...

9 comentários:

Compadre Alentejano disse...

O Zézito saiu-me cá um espertalhão...Não há quem o engane...
Compadre Alentejano

Fliscorno disse...

Cá está o menino d'oiro com luvas:

http://fliscorno.blogspot.com/2009/01/menino-doiro.html

Planetas - Bruno disse...

Isto já descambou..! Não é pela política que tiram de lá, talvez com uma dose diária de veneno consigam.

Anónimo disse...

"quote" "O Primeiro-Ministro já não tem condições para governar.


Só o facto de não ter estado na Assembleia da República para a discussão do Orçamento "Suplementar", porque sentiu necessidade de tratar dos seus assuntos pessoais e fazer mais uma declaração ao país sobre o caso Freeport, é prova disso.

Os actos da governação de Portugal não podem ser subestimados e passados para segundo plano.

O país não o pode aceitar, o povo português exige que assim não seja.



Os maus exemplos que José Sócrates dá aos portugueses têm sido constantes.

Desde a cena do cigarro a bordo do avião até ao recurso aos paraísos fiscais fora de Portugal, passando pela, ainda não claramente esclarecida, licenciatura, não são consentâneos com a dignidade que se quer na imagem de um Primeiro-Ministro.



O país está a ser descredibilizado, o Partido Socialista afunda-se, a Justiça tenta passar uma imagem de imparcialidade ao mesmo tempo que mostra, claramente, que afinal os cidadãos não são iguais perante a Lei.



Como diz João Marcelino (Diário de Notícias de hoje) "José Sócrates deve tratar os portugueses como pessoas adultas, que sabem pensar e tirar as suas próprias conclusões.""

Anónimo disse...

Jozézito, já te tenho dito que não é bonito andares-me a enganar... chora agora,

Jozézito chora, Jozétito chora
que te vais embora para não mais voltar !!!!!!!!!!!!!

Agradeço que , quem saiba, inclua a partitura desta cantiguinha tradicional portuguesa. Para os que não sabem ler uma partitura, recomendo que recorram a uma tia, a um tio, ao vizinho de 80 anos...bla bla..
Por mim, vou continuar a cantar... até logo...
Jozézito, ja te tenho dito
Que não é bonito andares-me a enganar

chora, rapaz! Quando mais choras menos xixi fazes.

MG

Ogre disse...

Lembram~se como é que acabou o outro Socrates, o grego? Porque é que ninguém traz ao nosso um cálicezinho?

Anónimo disse...

A coisa esta' um bocado fora de controlo, mas todo este putedo me incomoda, agora e' a mae, amanha quem sera' e ainda dizem que isto nao e' uma campanha. E' campanha e nao e' pequena campanha. Nao acredito que o homem seja santo, mas nao estou a ve-lo sujar-se com umas tranches de 50k que uns aldraboes ingleses mudaram most probably dum bolso para o outro com o alibi das luvas a politicos, como se fossemos do Burundi. E o que me faz mais impressao, e' que os insultados - afinal, nos todos - nos rebolamos de excitacao com isto. Ha' alguem ai' interessado na verdade, ou so' vos interessa malhar no ceguinho?

Pata Negra disse...

- Zézito vou comprar um apartamento!
- Sim, mamã, não estejas com rodeios! Quanto é que precisas?!

Um abraço orfão

Anónimo disse...

Finalmente encontrei a cantiguinha do Zézito:

http://www.youtube.com/watch?v=Fzklu8EcMSM&eurl=http://almapatria-patriaalma.blogspot.com/





mg