quinta-feira, 26 de março de 2009

Se é enriquecimento não é ilícito...

Esta ideia é absolutamente maléfica… Como é possível querer parar por completo a economia do país que, como sabemos, depende em muito desta forma lícita de enriquecer ilicitamente. Os políticos são muito habilidosos e inteligentes, senão não eram políticos e trabalhavam, portanto, é natural que eles enriqueçam muito rapidamente, dão pareceres, jeitinhos, sai-lhes a lotaria várias vezes e, sobretudo, nunca há vítimas directas, já que elas são diluídas por essa mole humana que é a nação Se tudo o que é marginal enriquece milagrosamente em Portugal, porquê que os políticos hão-de ser diferentes.

3 comentários:

Ogre disse...

Porque é que não mandam essa senhora para o pé do Cravinho? Gente desta, não faz cá falta.

LFM disse...

quem é que ela conhece que anda de Maserati?

Anónimo disse...

C'os diabos! O Cravinho não é do mesmo saco.