segunda-feira, 28 de julho de 2008

BE praticamente com maioria absoluta no porquemedizem...


Da pequena sondagem que fiz, durante cerca de 30 dias, obtive os resultados que estão à vista… Continuo a pensar que os portugueses não gostam de votar, já que das milhares de pessoas que entraram neste espaço de tempo apenas 144 votaram e, destas, 41 (27%) acabavam por também não votarem em ninguém, já que ou se absteriam, votariam em branco ou anulavam o voto, quem sabe se com alguma piadinha ou graffiti…
Depois o Bloco de Esquerda ficaria muito próximo da maioria absoluta, se não a obtivesse proveniente dos outros partidos inexistentes à data e que seriam os 4 votos, de um eventual partido à esquerda do PS e dos oito que escolheriam outro partido qualquer.
Depois o PSD ficaria com apenas mais um voto que o PCP/PEV e o PS com meros 11 votos estariam perto da extrema-direita, ou seja, partido no poder tornar-se-ia quase residual… Não sei se a grande maioria das pessoas que me visitam são de esquerda, mas parece e parece-me, também, que as pessoas que se dão ao trabalho de ler os textos dos blogues querem uma mudança brusca, que os afaste o mais possível da podridão e compadrio que reinam num bloco central chefiado pela dupla Sócrates / Leite.
Oxalá esta sondagem traduza alguma realidade e daqui a um ano tenhamos todos um sobressalto ou vejamos renascer a esperança… Se fiz alguma leitura errada ou tiverem outras opiniões disponham…

11 comentários:

EboRâguebi disse...

Peculiar? O meu Blog? Porquê?

Zé Povinho disse...

É estranho o resultado e penso que os que votam de um modo mais tradicionalista também não andam pela blogosfera. Uma coisa ficou clara, há muito voto de protesto.
Abraço do Zé

antónio pina disse...

Não me parece que possas fazer as extrapolações que fazes. Há que es-tabelecer em 1º lugar o retrato so-ciológico do frequentador típico do teu blogue e, só depois, pode-rás começar a extrair algumas con-clusões. Mas, como podes calcular elas tem uma importância relativi-zada em relação ao universo elei-toral português. Acho que o melhor teste à popularidade deste governo e desta política, só mesmo através de um estudo detalhado das varia-ções mensais de contabilidade das grandes superfícies (Continente, rede modelo e intermarché... Espe-cialmente nos produtos de primeira necessidade).
O eleitor, o súbdito, o servo e o escravo sempre «pensaram» através de duas lentes «bi-focais», a sa-ber: o estômago e o espectáculo. É pela apreciação destas duas variá-veis que poderemos apreciar como vão as coisas nesta vetusta tribo. Quem souber prometer melhor umas boas «comezainas» e uns bons diver-timentos tem a vitória no papo. E neste último caso, um político o-portunista nem sequer precisa de uma grande estratégia pró-acti-va... Desde que o adversário tenha feito uma política catastrófica, então, às vezes, não mexer uma palha, pode ser a atitude mais es-perta (vide pose política da Fer-reira leite)... Enfim, seja como for, tantas palavras apenas para dizer que a tua sondagem é somente um significativo «apalpanço».

Camila disse...

Olá.

Tenho acompanhado este espaço com alguma distância participativa mas com bastante interesse.

Não me recordo sinceramente onde o "conheci", talvez a propósito da manigância que fizeram ao extinto "povoaonline".

Apesar de me encontrar de férias...no Algarve (com 1 éle apenas por favor), :D decidi hoje quebrar a "cansativa" rotina do praia-casa-praia e fazer uma visita.

Sobre o "auscultório" aqui colocado penso que apenas reflecte o sentimento dos visitantes deste espaço, à semelhança do que entendo da "consulta" colocada na minha modesta "superfície opinativa" e portanto não deve ser extrapolado para a realidade nacional, se bem que esta até possa não divergir muito, como suponho e em tempo veremos.

1 abracito desta amiga,

Camila

quink644 disse...

Tenho acompanhado com o maior interesse os vossos comentários, esperando que também vós os leiam e reflictam sobre eles. Propositadamente, por ora, não comento nada, até porque, de certa forma, já o fiz quando aqui coloquei estes resultados e este post.
Muito obrigado a todos pela vossa participação.
co um abraço muito cordial,
quink644

Camila disse...

Desculpa lá aqui voltar mas é por uma boa causa.

Cada vez que acedo ao teu blogue tenho que desbloquear "popup" e aparece logo uma cena marada.

Incomodativa, aliás.

Vê lá se dás uma limpeza na cena.

Cumprimentos.

Camila

quink644 disse...

Viva! Já reparei nisso do popup, mas não sei como isso lá foi parar nem consegui até agora tirar porque não sei... Também me aparece a mim. Contudo, o que eu faço é continuar sem ligar àquilo e ela já não chateia, visto que vai para uma página à parte que eu depois ou utilizo para abrir outra página ou apago... Se alguém souber como é que se faz isso desaparecer deixe-me uma dica...
:-)

raivaescondida disse...

Ora, eu ando distraído, pois não reparei nessa votação, senão tinhas mais um voto no BE.
Com ciência sociológica e outras o que interessou foi o voto. Os estudos estão na mão dos entendidos , que dão explicações para tudo e levam a população a votar no partido desejado pelas entidades que nos governam. Mind Games.

Camila disse...

Olá quink644.

Eu também sou uma aprendiz destas tecnologias mas desconfio que a janela de popup pode ter começado a surgir desde que adicionaste (recentemente?) ao tem bonito blogue alguma cena de linkagem (imagem ou endereço).

Penso eu de que.

Jokas

Camila

Camila disse...

Off Topic...

Como gosto de ajudar quem aprecio, andei aqui a investigar, no bom sentido, é claro.

Vê lá se instalaste alguma cena de contagem de tráfico ou tráfego, bem entendido que te registe as visitas, as suas origens ou ainda as estatísticas sobre estas.

O link que aparece na popup tem a designação de "bravenet traffic exchange".

Elimina-o e coloca outro.

Se precisares de uma dica...

Abracito.

Camila

Anónimo disse...

Votar no BE ??? !!!!!
Para esse peditório já dei ;-)


Passo a justificar-me: o BE é um partido do sistema como qualquer outro apesar de lhe reconhecer particularidades interessantes.

Beijos.