segunda-feira, 31 de maio de 2010

Os 11 BIBIS...

11 arguidos do processo Portucale vão a julgamento


O juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal, decidiu esta segunda-feira enviar para julgamento os 11 arguidos do processo Portucale, relacionado com o abate de sobreiros.
Assim, na fase de instrução do processo, o juiz confirmou na íntegra o despacho de acusação do Ministério Público.
O caso Portucale está relacionado com um despacho assinado por Luís Nobre Guedes (ex-ministro do Ambiente), Carlos Costa Neves (ex-ministro da Agricultura) e Telmo Correia (ex-ministro do Turismo), no governo PSD/CDS-PP, poucos dias antes das eleições legislativas de 2005 e que permitiu à Portucale, empresa do Grupo Espírito Santo, proceder ao abate de mais de dois mil sobreiros na Herdade da Vargem Fresca, em Benavente, com vista ao arranque de um projeto turístico-imobiliário.
Luís Nobre Guedes, Costa Neves e Telmo Correia não foram acusados da prática de qualquer crime.  TSF

2 comentários:

picanochao disse...

CARO SR.PARABÉNS POR TER A CORAGEM DE TER UM BLOG, SEM CENSURA... É QUE EU JÁ VI MUITOS, EM QUE SÓ SE PODE COMENTAR, SE OS COMENTÁRIOS LHES AGRADAREM... ISSO CHAMA-SE CENSURA... QUANTO ESSES 11 CALIFAS, NENHUM VAI PRESO. O JUIZ CARLOS ALEXANDRE TEM QUE TER CUIDADO, PORQUE SENÃO VAI TRANSFERIDO... EM PORTUGAL A LEI É PARA APLICAR AOS POBRES, PARA OS RICOS HÁ OUTRO ESQUEMA...

quink644 disse...

Obrigado, de facto creio que nunca apaguei um comentário... Mas também não me chamo sócrates nem ele costuma vir aqui prometer nada...