domingo, 14 de dezembro de 2008

O homem que nos continua a confundir com a sua família...



Quer-me parecer que este conspurcador de papel, aparentemente, especialista em pastorícia e, sabemos agora, artes circenses, continua a confundir os professores com a sua família… Não senhor Rangel, não somos da sua família, nem por uma, nem por outra razão. Como tal, deve guardar esses adjectivos para os seus e começar por si próprio, quem pertence a um rebanho não somos nós, é você e quem deveria andar num circo a fazer acrobacias em troca de amendoins era a sua pobre figura. Quando pede aos professores que se cuidem, parece esquecer que devemos olhar primeiro para nós do que para os outros, olhe-se ao espelho e cuide primeiro de si, quem sabe as suas raízes não lhe estão a pedir alguma coisa mais co-natural do que andar a sujar papel com as mãos… Não lhe digo para pensar nisso, nunca devemos pedir o impossível…

4 comentários:

Anónimo disse...

Tirem-me este gajo da frente!

Joaquim disse...

Sobre este sujeito inqualificável... aconselho a ler : http://ferreirablog.blogs.sapo.pt/search?q=rangel

parece impossível como se deixa estes sujeitos escrever o que lhes vem à cabeça...

Joaquim disse...

Visitem o que se escreve sobre senhores como este.... http://ferreirablog.blogs.sapo.pt/search?q=rangel&Submit=OK ... E comentem.

Anónimo disse...

Rangel é um nojo...

como o seu lider...

Tristeza!