terça-feira, 16 de setembro de 2008

Angola assim vai mal...

"Angola: Fernando Lelo condenado a 12 anos de prisão
O jornalista angolano Fernando Lelo, antigo correspondente da Voz da América na província de Cabinda, foi hoje condenado a 12 anos de prisão por prática de crime contra a segurança do Estado e instigação à rebelião armada no enclave.
O acórdão foi ditado pelo Tribunal Militar de Cabinda, mas a defesa do arguido considera a decisão do tribunal «injusta» e promete recorrer.
Para Martinho Nombo, advogado de defesa de Fernando Lelo, a sentença foi uma «autêntica encenação», frisando que em Angola «a justiça não existe».
Fernando Lelo foi preso em Novembro de 2007 pelas autoridades angolanas e já não trabalhava para a Voz da América, depois foi transferido para uma cadeia de Luanda, enquanto decorriam as investigações e devolvido no final do mês passado para a cidade de Cabinda para julgamento.
O acórdão do juiz presidente do Tribunal Militar de Cabinda, António Miguel, que condenou também outros quatro arguidos envolvidos no mesmo caso a 13 anos de prisão.
As autoridades angolanas nunca especificaram os crimes que terão sido alegadamente cometidos por Fernando Lelo."
Eis aqui um exemplo daquilo que em Angola não devia suceder e, parece-me, que já nem sequer seria preciso... Esta história de conspirar contra a pátria, tribunais militares, etc e tal, são o fim de qualquer possibilidade de mudança em Angola. É difícil de ver?
Talvez uma leiturinha aqui ou aqui possa ajudar...

3 comentários:

voda pal disse...

i think you add more info about it.

growth stocks disse...

im here because of few cents for you. just dropping by.

Anónimo disse...

Uma Democracia exemplar. Diz o Vital sobre a Angola dos amigos do Sócrates e restante bloco central de interesses. Percebe-se.
Abraço,
PR
Suck.